sábado, 30 de outubro de 2010

Uma Internet Mais Justa

Não sei quantos de vocês já ouviram falar da GVT. Trata-se de uma empresa que fornece Internet com velocidade de até 100MB com direito a um número de telefone fixo com tempo de ligações ilimitadas para outros telefones fixos. Tudo isso por um valor bem abaixo do mercado. 

Ao ouvir a propaganda achei que tivesse algo estranho, pois a Velox e a NET (os melhores serviços de internet de Niterói) são caríssimas, como uma empresa pode surgir do nada cobrando 10 vezes menos? Mas hoje conheci um funcionário da empresa e ele me explicou o porque.

O pulo do gato é que a GVT tem seu próprio Backbone, uma espécie de distribuidor de sinal de internet (desculpe minha explicação leiga, mas estou tentando explicar o que o rapaz me disse nos termos técnicos). No Brasil, apenas a Embratel e a Brasil Telecom têm seus próprios backbones. Por isso a Velox e a NET por exemplo cobram mais caro, pois eles terceirizam o serviço prestado por essas empresas. 

Ninguém conhecia a GVT ainda pois ela prestava apenas serviços corporativos. Esse ano começaram a prestar serviço para residências. Para uma internet de 10MB e telefone fixo com ligações ilimitadas um cliente paga por volta de R$130. Para terem uma idéia, a Velox de 2MB + provedor e telefone fixo com limite de minutos fica por volta de R$180. E a velocidade de download e uploaed é infinitamente superior, sem oscilação, pois eles administram seu próprio blackbone. 

A questão é que a GVT só está presente nos grandes centros e ainda não se distribuiu por falta de clientes. No Centro de Niterói, Rio e Icaraí já é possível assinar o serviço, mas para que eles levem os cabos de fibra ótica para outras regiões é preciso que tenham núméro de pessoas suficiente querendo o serviço. Para isso, basta entrar no site e fazer o cadastro. 





Já fiz o meu cadastro. Acredito que seja o início de uma internet mais justa na nossa região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...