segunda-feira, 20 de maio de 2013

Candice Glover, uma diva ofuscada pela derrocada do American Idol

 

A final do American Idol foi recheada de performances, como todos os anos. Muitas delas descartáveis, mas outras memoráveis e emocionantes, como a da finalista Candice Glover quebrando tudo com a ex-candidata mais conceituada do programa, Jennifer Hudson. Candice conseguiu acompanhar a vencedora do Oscar e de Grammys, sem deixar nada a desejar. Com esta performance, Candice provou que não estava ali apenas querendo ser famosa, mas que ela respira música, e já tem tudo para se tornar uma diva do soul moderno.

Assista a performance impressionante abaixo:


Após ser revelado que Candice Glover foi eleita pelo público como a nova American Idol, começaram a pipocar diversas notas na imprensa sobre a final, mas todas elas falando sobre a queda abismal na audiência do programa, e poucas se preocupavam em mencionar a vencedora.

Candice fez audições para o American Idol três vezes. Em 2009 o então jurado Simon Cowell chegou a dizer para ela que ela seria apenas uma cantora de cabaré, e que acabaria cantando em lounge de hotel enquanto as pessoas comeriam amendoins e virariam de costas sem se importar. A então adolescente pensou em desistir do sonho e começou a trabalhar como atendente em um lava-jato. Em 2011, incentivada pela família, ela tomou coragem e decidiu voltar. Foi eliminada por Jennifer Lopez no segundo round. Dessa vez ela não se deixou abater. Começou a treinar, cantar na igreja, gravar vídeos para o youtube e explorar os mais diversos estilos e ver qual deles mais se encaixavam com sua voz. "Eu usei as críticas para me ajudar a fazer melhor. Queria voltar com uma identidade definida e autoconfiança" afirmou Candice em entrevista após a final.

Em 2012, ela voltou com toda a força. Sabendo domar mais sua voz poderosa, com melismas educados e o grave impressionante. A cada fase ela se destacava mais e chegou ao TOP 10 sendo tão favorita que chegaram a cogitar que ela seria a nova Jennifer Hudson, eliminada injustamente no meio da temporada por ser "boa demais para o Idol".

Candice Glover fez duas das performances mais memoráveis da história do programa, "Lovesong" do The Cure e "I (Who Have Nothing)" do Ben E. King. Chegou à final como favorita absoluta, apesar da forte concorrente country Kree Harrison.

Porém, agora Candice terá trabalho redobrado para se manter nesse mercado. Ela foi coroada na temporada com a pior audiência do American Idol. Ela agregou ao seu nome toda a mídia negativa do programa. Seu talento foi abafado pelas brigas entre Minaj e Mariah e pela mídia sensacionalista. Ela precisará não só manter os fãs que a coroaram, mas lutar para conquistar uma massa que não deu a mínima para o programa.

O seu disco de estréia está em pré-venda apenas para norte-americanos (uma pena), Music Speaks, e será lançado em 16 de julho. O primeiro single "I Am Beautiful" tem bastante relação com a candidata, com letra sobre manter a autoestima, mas é bastante fraco para as rádios. Ela precisará trabalhar muito nesses dois meses para conseguir lançar um álbum um pouco mais autoral e forte para atingir um público maior que o do American Idol.

Mas a menina de 23 anos está dando apenas seus primeiros passos no showbusiness. Acredito que seu carisma e seu talento ainda a levarão longe. Ela pode não ser #1 na Billboard, mas se souber administrar bem sua carreira conseguirá ser bem sucedida em diversos segmentos. Fãs importantes ela já tem. Mariah Carey, Alicia Keys, Drake e Aretha Franklyn são só alguns deles. Alguma dúvida de que ela será bem apadrinhada?

Abaixo, a primeira performance pós-American Idol do primeiro single de Candice Glover, "I Am Beautiful".

 

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...