quarta-feira, 10 de julho de 2013

Foz do Iguaçu / Puerto Iguazú, Cataratas e Compras no Paraguai - Dicas aos Turistas



A viagem que me proporcionou paisagens mais lindas e mais 'WOW moments' com certeza foi a viagem para as cidades de Foz do Iguaçu (Paraná) e Puerto Iguazú (Argentina). As paisagens naturais são absurdas e a sensação de estar de frente para a maior sequência de cachoeiras do mundo e, agora, uma das 7 Maravilhas da Natureza, é emocionante.

E é claro que não dá para falar de Foz do Iguaçu sem mencionar Ciudad del Este e as famosas compras no Paraguai. Abaixo dou algumas dicas básicas aos turistas que pretendem visitar as três cidades. E se você ainda não havia pensado nessa viagem, programe-se para ir e se maravilhar!

 
  1. Período para viajar
    Quem for viajar em janeiro ou julho enfrentará uma multidão em todas as trilhas para as cataratas, além dos preços mais altos de passagens e hospedagem. Logo, recomendo fugir dessa alta temporada. Se a prioridade for encontrar tempo bom, recomendo viajar em outubro, novembro ou março, quando o tempo costuma ser mais quente e o volume de água das cataratas maior. Em maio, por ser período de chuvas e baixa temporada, também é um bom período. Mas se a ideia é aproveitar as compras, recomendo fevereiro ou agosto, meses em que há mais liquidações no Paraguai e no Duty Free Argentino. Fui no final de agosto, quando havia terminado um período de promoções muito boas (equivalente ao black Friday americano), mas o volume de águas nas cataratas já estava muito alto.
    .
  2. Transporte
    É frequente haver promoções de passagens aéreas. Recomendo ficar de olho no site Melhores Destinos. O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu fica relativamente próximo à cidade. Recomendo que negocie com o hotel com antecedência um transfer do aeroporto, pois muitos hotéis disponibilizam vans e micro-ônibus para buscar hóspedes.

    No trajeto do aeroporto para o hotel percebemos que todos os transportes turísticos na cidade são monopolizados pela agência "Loumar Turismo" (que já me havia sido indicada). Eles possuem uma bancada de atendimento em todos os hotéis da cidade para fechar pacotes de passeios com os turistas assim que fazem o check-in. Para quem quer comodidade os pacotes valem a pena pois já deixam toda a sua viajem programada e sem preocupações de locomoção. Porém, quem não quer ficar sempre em blocos de turistas e quer ter mais liberdade para explorar os pontos recomendo fugir desses pacotes. Além disso, apesar de vender um desconto, alguns deles acabam saindo bem mais caros.

    Quem quiser investir um pouco mais e unir a comodidade à liberdade na locomoção, recomendo alugar um táxi. É muito comum taxistas se oferecer como "guias" e cobrar por volta de R$100,00 pela diária para te levar para onde quiser. Quem estiver em grupo de até 4 ainda pode dividir esse valor e ter um táxi a sua disposição para rodar pelos 3 países. Na minha opinião, é o melhor negócio.

    Há ainda a possibilidade de usar transportes públicos. Os ônibus em Foz são fartos e existe uma rodoviária enorme no Centro da cidade onde é possível encontrar ônibus para todos os locais mais procurados dos 3 países. A economia é absurda em relação tanto aos pacotes da Loumar quanto ao valor dos táxis. Quem quiser economizar ainda mais pode optar por comprar ingressos para as atrações no próprio local, ou pela internet no caso da Usina de Itaipu.
    .
  3. Telefone
    Mesmo sem cruzar a fronteira, as operadoras de celular mudam para o modo "roaming" e podem te cobrar uma fortuna por ligações internacionais. Recomendo desabilitar o 3G/4G ou negociar um pacote vantajoso antes da viagem.
    .
  4. Hospedagem
    Em Foz, existem basicamente três possibilidades de hospedagem: hostels ou albergues voltados geralmente para gringos, hotéis dos mais variados tipos e pousadas que são verdadeiros resorts de luxo. A opção com melhor custo-benefício que encontrei foi o hotel Águas do Iguaçu, que é muito bem recomendado nos sites de turismo. Realmente, além das estruturas dos quartos ser muito boa, o café da manhã é muito saboroso, o atendimento é muito bom e a localização é privilegiadíssima: no coração de Foz, a alguns minutos das cataratas, da fronteira com a Argentina e a algumas quadras da fronteira com o Paraguai.

    De qualquer forma, recomendo ficar pelo Centro, pela facilidade de acesso às fronteiras. As pousadas em geral ficam distantes e em locais isolados, que dificultam o deslocamento.
    .
  5. Peso argentino, Guarani paraguaio e Dólares
    Nunca deixe para levar reais para a Argentina ou para o Paraguai. Em ambos países o cambio sempre será desfavorável. Também não há necessidade de viajar com Guaranis pois na Ciudad del Est todos os shoppings e comércios aceitam Peso argentino ou Dólar. Mas recomendo mesmo usar dólares no Paraguai e Peso na Argentina. Em Foz do Iguaçu, na Avenida Brasil (avenida mais movimentada do centro da cidade) existe uma casa de câmbio muito boa com valores mais em conta que as do Rio de Janeiro. Recomendo passar lá no começo da viagem.

    E nunca, nunca mesmo, use o cartão de crédito no Paraguai. Além do risco de clonagem, os câmbios que as lojas fazem são verdadeiros roubos, pois eles acabam te tachando duplamente: fazendo o câmbio do Dólar para o Guarani, e do Guarani para o Real. Malandros... Por isso é muito mais vantagem já fazer os pagamentos em Dólar.
    .
  6. Compras

    - Duty Free Argentina

    O Duty Free é com certeza um dos melhores locais para se fazer compras na região. Apesar de os preços não serem lá muito baratos e o shopping pequeno, ele é muito bonito, luxuoso e organizado. Mesmo assim é possível encontrar boas promoções.

    O shopping fica próximo à fronteira da Argentina com o Brasil, próximo ao Cassino. Não há fiscalizações nem limites quanto à quantidade de compras por ser uma área neutra.

    Com certeza os itens que mais valem a pena no Duty Free são os perfumes e os doces. Os perfumes pela variedade na oferta (ocupa o maior espaço do shopping) e pelos preços bem baixos. Os doces pela variedade e por apresentar alguns itens raros, como edições limitadas de chocolates famosos como Whoppers, Kit Kat e Reese's Peanut Butter Cups.
    .
    Há ainda uma variedade enorme de óculos, relógios e bolsas, mas achei os preços muito salgados em comparação com os shoppings do Paraguai. O mesmo para as roupas, calçados e brinquedos, apesar destes não apresentarem grande variedade. Mas é inegável que a seleção do shopping é muito boa, e os itens são de muita qualidade e lindos. E passe longe dos eletrônicos no Duty Free. São caros, não possuem muita variedade e você encontrará eles muito mais baratos no Paraguai.

    - Compras no Paraguai
    A fronteira com o Paraguai é feia e sinistra. A famosa Ponte da Amizade está cheia de pivetes e ladrões armados. Não recomendo atravessá-la a pé por isso. É claro que você pode dar sorte, mas o ideal é ir através de excursões, carro alugado ou táxi para fazer a travessia em segurança.

    As lojas abrem às 7h e fecham por volta das 16h. Por isso é aconselhável se programar para chegar bem cedo. Quartas e sábados são os dias de maior movimento, mas dá para fazer as compras tranquilamente. Apenas procure evitar feriados, pois costumam ser dias de grande movimento. Domingo as lojas não abrem.
    A cidade é uma espécie de  'São Gonçalo' (cidade do Rio extremamente subdesenvolvida) ainda mais perigosa. Esgoto a céu aberto, aglomerações de camelôs e pessoas com bolsas gigantescas em ruas apertadas por onde passam motos, carros e bicicletas apressadas... um verdadeiro caos. Mas é interessante ter a experiência de diversidade cultural. Recomendo ir de táxi até o Shopping Del Est, que possui algumas lojas muito boas, principalmente para eletrônicos, e de lá ir a pé direto para o Shopping Monalisa, onde há roupas, bolsas, óculos e sapatos muito em conta. São os dois mais seguros (e civilizados) locais para se fazer compras no Paraguai.

    Tentei andar por outras lojas mas identifiquei muitas falsificações e fiquei com medo de comprar outras coisas. Essa é a grande vantagem dos shoppings que mencionei, a certeza da originalidade dos produtos. Visitei também o famoso S.A.X., shopping de artigos de luxo. Os preços são exorbitantes, mas ainda assim mais em conta que o Brasil.

    Recomendo que teste todos os produtos antes de levar, e confira a sacola antes de sair da loja. E exija nota fiscal, tanto para ter garantia, quanto para apresentar na aduana em caso de fiscalização.

    Aliás, uma das dificuldades em se fazer compras no Paraguai é cruzar a fronteira. Em geral, a alfândega barra tudo que ultrapassar a cota de U$300,00. E eles metem a mão mesmo. Se você atravessar com um iPad na caixa a vista corre o risco muito grande de perdê-lo, pagar um jabá se der "a sorte" de encontrar um fiscal corrupto ou ter que pagar o imposto de 50% do valor do produto. Cientes disso, muitas lojas oferecem o serviço de entrega no hotel. Ou seja, é possível comprar eletrônicos e pedir que os entreguem no mesmo dia no seu hotel no Brasil, pois essas lojas já tem os "conchavos" para atravessar os produtos na fronteira. Porém, é preciso ter muita cautela na hora de aceitar essa proposta e ter certeza que a loja é confiável. Fiz isso com a loja do "Grupo Matrix", que é uma rede grande no Paraguai e me pareceu confiável. E eles entregaram tudo direitinho.
    .
  7. Cataratas
    A estrela da viagem. Minhas expectativas que já eram altas foram todas superadas pela visão espetacular e pela energia dessas águas. São 275 quedas de água no Rio Iguaçu (na Bacia hidrográfica do rio Paraná), localizada entre o Brasil e a Argentina. Apenas 20% das Cataratas ficam no Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, no Brasil, e 80% no Parque Nacional Iguazú em Puerto Iguazú, na Argentina.

    - Cataratas do Iguaçu - Brazil

    O lado Brasileiro é o menor, mas é o lado em que é possível chegar mais próximo das maiores cachoeiras. Ao chegar na bilheteria, após comprar o bilhete, pude escolher entre o ônibus fechado ou o aberto. Recomendo o segundo para que possa ter melhores vistas. Indo próximo à hora do almoço, recomendo que pegue ele até o ponto final e vá até o restaurante do parque. O restaurante em si não é delicioso, mas também não é muito caro, e também é um ótimo começo pois ele fica acima das quedas, e é possível ter uma vista panorâmica maravilhosa das Cataratas

    Após o almoço, peguei novamente o ônibus que desceu até o começo da trilha para as cataratas. Como o lado brasileiro é o menor, a trilha é basicamente níveis de escadas e rampas levando até o topo das cataratas. É indescritível a emoção de ir se aproximando e sentindo o vapor da água.
    Chegando no topo, há um tablado gigantesco levando até bem próximo da queda d'água e na beira do precipício. Fui num período em que as Cataratas estavam com volume de água alto e a força da água me empurrava e as vezes me impedia de enxergar ou até respirar. Mas é uma energia e uma emoção indescritível. Nunca fiquei tão emocionado com a natureza antes.

    Recomendo também o Macuco Safari, um passeio que te levará por um trecho da mata do Parque até a margem do Rio Iguaçu, de onde saem barcos em direção às Cataratas. A aventura é emocionante, e por vezes a impressão é de que o barco irá virar tamanha a força da água das cataratas. E prepare-se para ficar completamente encharcado. Recomendo deixar o celular e as câmeras fotográficas no armário antes do passeio pois em geral os guias do passeio fotografam todos e vendem as fotos por um preço razoável.

    - Cataratas Del Iguazú - Argentina

    Muitos brasileiros acreditam que no lado brasileiro das Cataratas podem ter a experiência completa da visita. Pois é no lado Argentino que temos as experiências mais deslumbrantes. Enquanto no lado brasileiro, que abriga apenas 20% das Cataratas, apenas caminhamos em trilhas margeando um lado das quedas, na Argentina podemos mergulhar na mata e literalmente entrar nas cataratas. É uma experiência muito mais imersiva, até pela variedade de passeios disponíveis.
    Mas nem tudo são maravilhas. Argentino é antipático, e malandro (desculpe generalizar, mas foi essa a experiência que tive). A começar pelo ingresso do Parque, extremamente mais caro do que o brasileiro. E é claro que brasileiros não têm desconto. E as lojinhas e lanchonetes aceitam Real, com o câmbio pelo dobro do valor normal. Uma garrafinha de 500ml de água por exemplo custa R$12.00. Um almoço numa churrascaria chinfrin saiu por R$100,00. Por isso recomendo levar seu lanchinho e água. Além disso os turistas argentinos torcem a cara para os brasileiros em geral mais expansivos. Prepare-se para levar foras e ver argentinos furando sua fila.

    Existem dezenas de trilhas e opções de passeios no lado argentino. Recomendo começar pegando o trem até a Garganta Del Diablo, a parte mais alta das Cataratas. A maioria do público começa de baixo para cima, indo para o topo primeiro fugimos da multidão. É certamente a parte mais emocionante, pois é a maior queda das Cataratas. 82 metros de altura, 150 metros de largura e 700 metros de comprimento. Ficar a beira desse precipício e ver essa água toda na sua frente é estarrecedor.
    Depois disso é possível pegar diversas trilhas de trem levando a várias partes das Cataratas. Dá para ficar fácil um dia inteiro conhecendo cada queda d'água e local secreto. Eu peguei o trem até metade do caminho, onde há uma trilha que leva até a parte baixa das Cataratas. É a trilha mais bonita, por permitir ver as quedas de diversos ângulos. No fim de umas duas horas de caminhada, ficar de frente com a queda, caminhar em direção a ela e sentir a água te molhando, renovando... não tem preço. Mais uma vez, prepare-se para ficar encharcado.

    No caminho, um farol, algumas cavernas, quatis, araras, preguiças e outros bichos selvagens enriquecem o passeio. Encontramos até grupos indígenas cantando e vendendo artesanatos. Certamente foi um passeio bem mais rico que o lado brasileiro, apesar de ambos terem sido fascinantes.
    .
  8. Comida
    A gastronomia mais diversificada encontra-se na Argentina. Em Foz do Iguaçu visitamos churrascarias, mas nenhuma especialmente boa. Em geral o Centro tem boas opções e não tão caras.

    O melhor lugar para comer de longe é o Iate Clube Maringá, restaurante de frutos do mar a beira do Rio Paraná. O local fica escondido, dentro de um condomínio em uma região descampada do interior da cidade. Por volta de 10 minutos do Centro de táxi. Chegando lá, um buffet de frutos do mar frescos, recém-pescados no rio, e muito bem temperados. Não tem muita variedade, mas as opções são de altíssima qualidade. Os peixes mais deliciosos que já comi.
    Na Argentina, é possível fazer um passeio da Loumar turismo que te leva para conhecer a cidade e jantar em um restaurante típico. Mas também é interessante pegar um táxi e ir descobrindo a cidade de Misiones. Na fronteira, basta apresentar a identidade para entrar. Não há necessidade de levar passaporte, mas se você apresentar eles irão apenas carimbar.
    .Logo na entrada da cidade, há a adega "Caminos Wine Boutique" que possui seleções de vinhos maravilhosos a preços baixíssimos. Destaque para o Moscatel (sobremesa), Argento Bonarda (tinto) e Don David Torrontes (branco). E os valores iam de R$6,00 a R$60,00, considerando vinhos finíssimos. O local também realiza degustação de queijos e vinhos.
    .
    Pelas ruelas do Centro existem comércios basicamente voltados para turistas. Muitas adegas, casas de especiarias e lojas de souvenires. Mas a parte mais interessante é a feirinha, que funciona todos os dias até por volta das 21h. Lá é possível encontrar queijos frescos deliciosos, salaminhos, pimentas, temperos, chocolates, doces em geral... sem falar dos mais variados tipos de alfajores. Recomendo sentar em uma das lojinhas e pedir petiscos de queijos e salaminhos para degustar com um bom vinho. Um programa maravilhoso e incrivelmente barato.

    No Paraguai, quem quiser se aventurar pode explorar os restaurantes da Ciudad Del Lest, como os elogiados New Tokio, Patussi Grill ou o Espaço Gourmet do próprio shopping Monalisa. Nos restaurantes mais simples, na beira das ruas, há também os deliciosos Shawarmas, espécie de wrap com fatias finas de frango ou carne de cordeiro ou bovina assados em um espeto vertical com especiarias, bacon, etc. Em Foz do Iguaçu também há deliciosos sabores de Shawarmas na lanchonete "Sabores da Brasil", na Avenida Brasil 319.
    .
  9. Usina de Itaipu
    Um passeio subestimado pelos turistas é o da Usina Hidrelétrica de Itaipu, e que é fantástico. É uma usina binacional, localizada no Rio Paraná, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. Construída por ambos os países no período de 1975 a 1982, é hoje a maior usina geradora de energia do mundo.
    A Loumar Turismo realiza duas excursões diárias à Usina, mas é possível economizar muito indo por conta própria. Recomendo, nesse caso, comprar o ingresso no site de turismo da Usina com ao menos um dia de antecedência para garantir vaga na visita. Recomendo muito o Circuito Especial, que leva os visitantes por um passeio ao redor de toda a Usina e depois ao interior de suas principais áreas. E indo a noite os visitantes terão ainda o privilegio de ver a belíssima iluminação da Usina. Vale muito a pena.

    Infelizmente no período que visitei, Agosto, a Usina não estava funcionando a pleno vapor pois estava em período de estiagem. Mas mesmo assim, andar por sobre as barragens gigantescas e ver a quantidade de água que passa pelas turbinas foi impressionante.
    .
  10. Pontos Turísticos
    Foz, Misiones, Puerto Iguazú e Ciudad Del Est não têm muita variedade de atrações turísticas além das relacionadas às Cataratas. Abaixo listo algumas que valem a pena visitar:

    - Parque das Aves

    Localizado no meio da estrada em direção as Cataratas em Foz do Iguaçu, a visita ao Parque das Aves é um passeio surpreendente. O ingresso pode ser adquirido na hora e o Parque fica aberto das 8h30 às 17h.

    Um verdadeiro santuário das aves. Centenas de espécies de aves e animais selvagens da fauna brasileira vivendo livremente, soltos em uma área de mata gigantesca. E os visitantes podem entrar e ter contato direto com os animais. É uma experiência única ter araras das mais diversas espécies e cores, tucanos e diversos pássaros voando sobre você, ou até pousando em seu ombro. Não deixe de fazer essa visita!

    Em frente ao parque há um heliporto que realiza passeios aéreos de helicóptero sobre as Cataratas. Parece interessante se você estiver disposto a gastar uma pequena fortuna...

    - Marco das Três Fronteiras
    Área localizada nas cidades de Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú e Presidente Franco referente ao local de divisa territorial respectivamente entre o Brasil, a Argentina e o Paraguai. Na aresta de cada cidade há um monumento, todos na mesma altura e igualmente pintados com as suas cores nacionais, formando um triângulo equilátero que fixa o limite territorial dos três países. A área está abandonada e não possui grandes atrativos. Vale uma visita rápida de carro apenas para tirar uma foto.

    - Templo Budista
    O Templo Budista possui uma belíssima arquitetura e uma sacada, de onde podem ser avistados o rio Paraná, a Ilha Acaray, a Ponte da Amizade, o centro de Ciudad del Este e parte de Foz do Iguaçu. As estátuas externas foram confeccionadas no próprio local e as do interior do templo foram trazidas da China. A arquitetura é impressionante e muito interessante. Infelizmente ele fica um pouco distante dos demais pontos turísticos.

    - Mesquita Muçulmana
    Foz possui uma população muçulmana em crescimento, e a Mesquita Muçulmana já faz parte da rotina da cidade. A mesquita realiza orações 5 vezes ao dia, durante as quais não são permitidas visitas. Antes da visita guiada é preciso que todos retirem os calçados e que as mulheres cubram o cabelo com um véu que a própria mesquita oferece.

    - Cassino Iguazú (Argentina)
    Localizado próximo da fronteira com Foz do Iguaçu, o cassino argentino é uma atração basicamente turística. Ele está localizado em um hotel luxuoso e possui um grande centro gastronômico além de, é claro, diversos jogos de roletas, poker, seven-eleven, blackjack, caça-níqueis, entre outros. Vale a visita pela experiência mas também não vi nada de tão especial. O Cassino Acaray, no Paraguai, é maior e costuma ser bem mais movimentado pela população local.

    - Guira Oga (Argentina)
    A Guira Ogá é um tipo de zoológico de recuperação para animais selvagens vítimas de maus tratos e contrabando. A iniciativa é muito legal e o passeio interessante. Começa saindo de jardineira pela mata em Puerto Iguazú, seguindo pelo centro de visitantes e chegando nos viveiros dos animais. Apesar de a explicação ser toda em espanhol, dá para entender perfeitamente. Quem ama os animais não pode deixar de fazer também esta visita!

Não deixe de conhecer Foz do Iguaçu e uma das maiores maravilhas do mundo. E se já conhece, deixe aqui sua sugestão e compartilhe sua experiência!




3 comentários:

  1. PEDIDOS DE MILAGRES E CURAS E ORAÇAO E PROTEÇAO Mensagem: pedidos de milagres e oracoes gilberto antonio de lara , marlene karvonski gabardo de lara ,matheus gabardo messias de lara ,kamilla gabardo messias de lara ,gabriella gaBARDO DE LARA, ELIANE CASTORINA DE LARA ,SILVANA TEREZINHA DE LARA,MARLI TERESINHA DE LARA,MARILDA FATIMA DE LARA JACICHEN, MARIZA FATIMA DE LARA, MARILISE APARESIDA DE LARA MOURA, JANETE APARESIDA GABARDO, JUSILENE SOARES DA SILVA,HELEN LUIZA DA SILVA GABARDO,LUIZ MESSIAS,ELIANDRO FERREIRA BASTOS , MAYCON VINICIUS DE LARA, CESAR ANTONIO BAGGIO, ROBSON JACICHEN ,ROBERTO JACICHEN ,MAURICIO JACICHEN, JHONATAN VINICIUS DE LARA RIBEIRO, JHONY VINICIUS DE LARA RIBEIRO WESLEY HENRIQUE ALU DE LARA GEREMIAS, PAULO VALASQUE, RENATO MILLER ,AMAURI ADILSO DA SILVA,, FLORENTINA KARVOSNKI GABARDO,EDILSON KARVONSKI GABARDO, JOSE ORLANDO GABARDO,NILTON KARVONSKI GABARDO ,NILSON KARVOSNKI GABARDO,NELSON KARVONSKI ALVES GABARDO, LEODEVAL ALU DE LARA,LEO, NELCI SANTOS DE LARA,ANTONIO ALVES GABARDO, TOTO,NATALIO FERREIRA LIMA DE LARA,ERNESTINA AUGUSTA GEREMIAS DE LARA,JOAO JULIAO DOS SNTOS, ARLINDA NEVES DA ARAUJO DOS SANTOS,AVELINO DURVAL DE SOUZA,AMADEU FERREIRA,JOEL DOS SANTOS, ATILIO FERREIRA DE LARA,TICO,FLORESVAL FERRIRA DE LARA, FLOR, OSLI ANTONIO FERREIRA DE LARA!PEDIDOS DE MILAGRES E ORAÇOES DEUS A ABENÇOE!GILDE LARA, SENHOR GILBERTO ANTONIO DE LARA E ESPOSA FILHAS E FILHOS E PARENTES E AMIGOS E VIZINHOS!PARA PROSPERIDADES , HARMONIAS,SUCESSO, ALEGRIA , E SORTE,SAUDE,DINHEIROS,AMOR,DORMIR BEME PROTEÇAOE FELICIDADES, BOAS NOTICIAS.UMA VIDA TRANQUILA HONESTA E PROSPERA E ALEGIAS E SORTE DEUS DOS JUSTUS E DEUS DAS JUSTAS.E ANIMO E BEM ESTAR.JANETE APARECIDA GABARDO.PARA DORMIR BEM E TER BOM SONHOS,PARA INTELIGENCIAE BEM ESTAR AMOR ALEGRIA E SORTE BOA VISAO E BONS SONHOS < E BOA INTELIGENCIA E PROSPERIDADES,DINHEIROS,ALEGRIAS,ANIMo, HARMONIA,PROSPERIDADES,!GABRIELA GABARDO DE LARA, GIL LARA, MARLENE KARVONSKI GABARDO DE LARA, GILBERTO ANTONIO DE LARA!HARMONIA PROSPERIDADES ALEGRIAS E SAUDE E SORTI E DINHEIRO E FINANCEIRAS ! COM PRAR UMA CASA BOA COM TODO CONFORTO E MORDOMIAE MONTAR UM NEGOCIOS COMERCIOS E UMA CHACARA !ABRIR OS CAMINHOS PAZ,SAUDE , ALEGRIAS,PROSPERIDADES, DINHEIROS,HARMONIAS,LAZER,DIVERSAo,BEM ESTAR!CURAS,DORMIR BEM E ANIMO! marilza fatima de lara cristiano rodrigues da rosa carla andressa fatima ferreira cauã andre ferreira da rosa felipe pereira da cruz marlene fatima de lara ribeiro gabriel henrique ribeiro da cruz carlos augusto neves moura marilize aparecida de lara carlos vinicius de lara moura katlyn vitoria de lara moura odete fatima neves moura ivo ferreira moura

    ResponderExcluir
  2. Boa Tarde,

    Gostei muito dos detalhes de sua viagem, estou pretendo ir a estes lugares esse ano mas trabalho e não tenho muito tempo disponível. Quantos dias precisou para fazer esta viagem com esses passeios?

    Desde já agradeço a atenção!

    Att.
    Karina

    ResponderExcluir
  3. COMPREI UM CELULAR IPHONE 6 NA LOJA MATRIX DO SHOPPING E AO CHEGAR NO BRASIL DESCOBRI QUE SE TRATAVA DE UM CELULAR ROUBADO. TENTEI FAZER A TROCA DO PRODUTO SEM ÊXITO. TENHO TODOS OS DOCUMENTOS PARA QUEM TIVER INTERESSE! NÃO COMPREM NADA NESTA LOJA!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...