sexta-feira, 24 de abril de 2015

Filme "Cada Um Na Sua Casa" (Home): Dreamworks ainda tem que aprender com a Pixar



A animação "Cada Um Na Sua Casa" (título original "Home") da Dreamworks é muito bem feita, com cores lindas e tema interessante. Mas acima de tudo, uma oportunidade desperdiçada pela Dreaworks, que ainda tem muito o que aprender com a Pixar no quesito construção de personagens e roteiros. 

A história em si é muito boa. Próximo do final ele fica bastante emocionante e a trilha sonora forte até ajuda a emocionar. Os temas de abandono, adoção, genocídio e preconceito foram bem explorados. Mas o grande problema é que o filme falhou em engajar o público com os personagens desde o começo do filme. Levou quase o longa inteiro até me sentir engajado com a história e os protagonistas. 

Só ao final do filme ficamos emocionados com a história da protagonista Gratuity 'Tip' Tucci recém-adotada e separada de sua mãe adotiva, e um pouco também com o alien Oh, criado sem pais e isolado por sua comunidade. Duas cenas são particularmente mutio boas: quando Oh abandona Tucci e ela sai sozinha em busca de sua mãe, em a cena em que Tip finalmente ree-econtra sua mãe adotiva. Complementadas pela trilha épica de Rihanna as cenas são emocionantes. 


Mas faltou a grandeza dessas cenas finais desde o começo do filme e na construção dos personagens. O alien protagonista por exemplo foi uma tentativa falha de criar um novo "minion", mas sem o carisma deste. Se os problemas e dificuldades da protagonista fossem colocados logo no início do filme, como a Pixar fez em UP e Nemo por exemplo, seria mais fácil o público se engajar com a história. 

Sem falar do vilão, constrangedor de tão desinteressante, sem carisma, como um tio sem graça que em encontros de família faz piadas do tipo "pavê ou pra comê"?

O original em inglês teve dublagens bastante criticadas de Jim Parsons (Sheldon de "Big Bang Theory) e Rihanna. A dublagem em português foi razoável, mas nada memorável e com adaptações linguísticas não muito boas.

"Cada Um Na Sua Casa" não é extremamente ruim nem ofensivo. Ele é apenas chato. Entediante. E não era só um estado de espírito meu, as crianças no cinema também não estavam achando o filme muito interessante. 

O resultado é uma produção mediana, salvo pelos momentos finais. Apesar de ter passado a impressão que se esforçaram MUITO para se tornar um clássico animado. Como se eles estivessem seguindo um passo-a-passo para criar um blockbuster de animação. História orientada para toda a família? Check. Temos um coadjuvante que seja um "peixe fora d'água" e precisa fazer uma jornada de auto-descobreta? Check. O resultado foi um filme animado, muito colorido mas sem o charme, humor, ou carisma.

Ficha Técnica - Cada Um Na Sua Casa

Título original: Home
Distribuição: Fox
Data de estreia: 09/04/15
País: Estados Unidos
Gênero: animação
Ano de produção: 2014
Duração: 94 minutos
Classificação: Livre
Vozes: (versão EUA) de: Jim Parsons, Rihanna, Steve Martin, Jennifer Lopez.

Sinopse:
Uma raça alienígena invade a Terra para se esconder de seus maiores inimigos extraterrestres. Eles vivem em segredo, mas o jovem alien J.Lo  acaba se deparando com um dos tais malvados inimigos, o que o obriga a fugir ao lado da adolescente Tip. Os dois acabam desenvolvendo uma próxima e estranha amizade.

Site oficial: 

http://www.cadaumnasuacasa.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...